PRERROGATIVAS, UMA QUESTÃO DE JUSTIÇA!

MATO GROSSO

Newsletter


Ir para opção de Cancelamento

Agenda de Eventos

Setembro de 2021 | Ver mais
D S T Q Q S S
# # # 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 # #

Notícia | mais notícias

Em noite de emoção e alegria, OAB-MT e CAAMT inauguram escritório compartilhado: "sonho realizado"

29/08/2021 13:30 | II OAB LEADS
Foto da Notícia: Em noite de emoção e alegria, OAB-MT e CAAMT inauguram escritório compartilhado: 'sonho realizado'
imgEm uma noite de muita emoção e alegria, a diretoria da Caixa de Assistência dos Advogados (CAAMT) e da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) inauguraram, nesta quinta-feira (26), o escritório compartilhado advogado Waldir Caldas.
 
O escritório tem salas para reunião, audiência, local para sustentação oral, com isolamento acústico adequado, e estações de trabalho, com internet, computadores e impressora à disposição. Localiza-se no Estacionamento da Advocacia, ao lado do Fórum da Capital e do Ministério Público, onde foi realizado o evento de inauguração, reunindo representantes da OAB-MT, da Capital e do interior.
 
Na ocasião, foi feita homenagem ao advogado Waldir Caldas, que faleceu de complicações de Covid-19 em junho deste ano e dá nome ao escritório.
 
imgPresidente da OAB-MT, Leonardo Campos, lembrou que, há 8 anos, no dia 22 de novembro de 2013, na condição de presidente da CAAMT, à época, inaugurou o Estacionamento da Advocacia. Desde então, a Advocacia de Mato Grosso cresceu. Em 2013, eram 13.991 advogados inscritos ativos e agora são 21.316. Nada mais necessário que dar suporte, principalmente aos que estão entrando na carreira. “O que começou como estacionamento foi ampliado para o escritório”, ressaltou.
 
Ele parabenizou a diretoria da CAAMT. “O escritório ficou show, um espetáculo”. E já pode ser utilizado por todos, mediante agendamento prévio. “A Ordem dos Advogados do Brasil tem dono. Ela pertence a cada advogado e advogada deste Estado e é um patrimônio da sociedade mato-grossense e o reflexo disso é este estacionamento, é este escritório, de qualidade, que vai trazer conforto e dignidade a quem utilizá-lo”.
 
Campos ressaltou que o nome do escritório é de um advogado de referência para Advocacia mato-grossense, Waldir Caldas. “Aqui temos o nome de um advogado na essência da palavra, um dos maiores defensores dos Direitos Humanos, com quem tive o prazer de conviver, professor, pai, marido, avô, homem, mas acima de tudo, um ser humano, que tinha no direito de defesa, exalado no tribunal do júri, a sua voz mais imponente da advocacia mato-grossense”.
 
A vice-presidente da OAB-MT, Gisela Cardoso, citou que este escritório é a realização de um sonho, sonhado há mais de 10 anos. “Tudo é a seu tempo, no momento certo para acontecer. E tenho certeza de que não havia uma hora melhor, um momento melhor para OAB e a Caixa de Assistência entregarem à Advocacia mato-grossense o meu escritório, esse espaço lindo, amplo e totalmente equipado, que vai possibilitar ao advogado exercer sua função com segurança e conforto”.
 
Presidente da CAAMT, Itallo Leite, agradeceu a parceria de todos os envolvidos. “A palavra que a gente tem hoje é de agradecimento e a certeza de que estamos trabalhando muito para toda a Advocacia de Mato Grosso, sejam todos bem-vindos e espero que gostem desta nova casa”.
 
A vice-presidente da CAAMT, Xênia Artmann Guerra, reforçou que a intenção deste escritório é interiorizar as ações em prol da Advocacia e incluir. “Nós acreditamos que a OAB não é o prédio, não é o escritório, a OAB é cada um de nós”.
 
imgHomenagem a Waldir Caldas
 
O conselheiro federal Ulisses Rabaneda dos Santos, tomado pela emoção, chorou. Com nó na garganta, fez o relato.
 
“Eu trabalhava no Fórum Criminal, quando ainda era na (avenida da) Prainha. Quando tinha júri, eu descia e encontrava aquele senhor, sentado assistindo júri, e, quando ia começar, botava um gravador na bancada. Eu ficava olhando aquilo. Um dia me apresentei, falei que era estagiário e ele falou assim para mim: sou recém-formado, gosto muito disso daqui, gravo e depois passo a ouvir dos juris, para que eu possa aprender. Depois, ele virou um grande tribuno. Eu me formei. Sempre gostei da área criminal. Continuava assistindo júris, mas a partir daí vendo Waldir como protagonista. Um dia pedi para aprender a fazer júri com ele. Pode ficar tranquilo, eu vou te chamar, me respondeu. E eu fiz muitos juris com o Waldir, ele era muito bom nisso, tão bom, que me antecipava o que ia acontecer até a reação do promotor. É uma história de superação, uma pessoa de coração gigante, que aprendeu desse jeito fazer júri (...) quero deixar um beijo para essa família e um beijo no coração do Waldir”.
 
O juiz da do juiz Geraldo Fidelis, da Segunda Vara Criminal da Capital, reforçou que o homenageado era uma pessoa formidável. “Se estivesse hoje aqui, pessoalmente, estaria comigo na PCE, passando calor, vendo a situação dos reeducandos, porque defendia pessoas vulneráveis e mais necessitadas. Um tribuno maravilhoso, que beleza era assistir os júris dele”.
 
A filha de Waldir Caldas, Cynthia Rodrigues, também se emocionou, ao falar representando a família. “Muito mais do que vocês, que conviveram com ele no ambiente profissional, nós tivemos a oportunidade de conviver com ele enquanto pai, e ele foi muito incrível. Nós tínhamos os nossos almoços, conversando sempre sobre Advocacia, ele respirava Direito, e a gente almoçava assistindo Cadeia Neles”, relembra. “Não sei como minha madrasta aguentava porque era a única que não fazia Direito em casa. Eu e meus irmãos todos nós formamos advogados”.
 
Segundo ela, a família se sente honrada em ver uma estrutura, como a do escritório compartilhado, levar o nome de Waldir Caldas. “Tenho certeza que, de onde quer que esteja, está muito feliz e orgulhoso”.
 
--
 
Keka Werneck

 

 


Facebook Facebook Messenger Google+ LinkedIn Telegram Twitter WhatsApp