PRERROGATIVAS, UMA QUESTÃO DE JUSTIÇA!

MATO GROSSO

Newsletter


Ir para opção de Cancelamento

Agenda de Eventos

Outubro de 2021 | Ver mais
D S T Q Q S S
# # # # # 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31 # # # # # #

Notícia | mais notícias

Subseção da OAB-MT em Rondonópolis requer providências ao MPF para melhorar atendimento no INSS

04/10/2021 13:29 | DIREITO PREVIDENCIÁRIO
Foto da Notícia: Subseção da OAB-MT em Rondonópolis requer providências ao MPF para melhorar atendimento no INSS
imgA diretoria da 1ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) de Rondonópolis requereu providências acerca do funcionamento do INSS no município junto ao Ministério Público Federal (MPF).
 
O presidente da Subseção, Stalyn Paniago, a vice-presidente, Viviane Mantovani Carrenho Bertoni, e a presidente da Comissão de Direito Previdenciário, Jhoane Marrara Rodrigues da Silva, pleitearam, junto aos procuradores da República Raul Leite e Rodrigo Pires de Almeida, em reunião nesta sexta-feira (1), a reabertura total do INSS para atendimento presencial de advogados e advogadas e também para segurados, citando que isso já está ocorrendo em outras regiões do Estado.
 
A comitiva da OAB-MT também reclamou do número insuficiente de servidores no órgão, para atendimento e análise de processos e procedimentos administrativos, assim como de médicos-peritos, responsáveis pelas perícias.
 
De acordo com Stalyn Paniago, a Subseção recebeu muitos reclames de que o atendimento do INSS está deixando a desejar, sobre a ausência de realização de procedimento de reabilitação profissional em Rondonópolis e até mesmo dificuldade em geração de senhas para acesso ao Instituto, entre outros problemas.
 
Os procuradores ficaram de apurar os fatos narrados e adotar medidas necessárias. Ressaltaram que a demora na realização de perícias no INSS de Rondonópolis foi objeto de Ação Civil Pública que tramitou perante o Juízo Federal e se encontra em tramitação no TRF1. E que o tema é foco de Recurso Extraordinário no Supremo Tribunal Federal (STF), o que resultou em celebração de acordo entre o MPF e o INSS. Quanto a isso, os procuradores assumiram o compromisso de apurar se os termos do acordo em prol do atendimento médico estão sendo cumpridos.
 
O presidente da Subseção, Stalyn Paniago Pereira, avalia que a reunião foi muito positiva. “Os procuradores já têm ciência da situação calamitosa do INSS e a OAB de Rondonópolis, também ciente disso, envidará esforços para tentar solucionar as demandas necessárias em prol da Advocacia e segurados rondonopolitanos, cobrando das autoridades competentes a adoção das ações pertinentes”.
 
Paniago também ressaltou que levou o caso à Seccional, para somar esforços.
 
--
 
Keka Werneck
 

Facebook Facebook Messenger Google+ LinkedIn Telegram Twitter WhatsApp